terça-feira, junho 02, 2009

Escrever...

toda a vida me lembro de escrever...
cedo tive o meu primeiro diário!
Adorava escrever naqueles blocos de cheiro...cheiro adocicado, que dava vontade de comer!

...aqui há dois dias tive, amavelmente, um convite para participar nestas coisas da escrita, neste blog http://aminhatravessadoferreira.blogspot.com/ participei, com este texto. Espero que gostem!

12 comentários:

macaso disse...

Já sabes que adorei:) Mesmo, mesmo.

ritmargaride disse...

Muito, muito giro!!

bjkas e parabéns(pelo texto)

moca disse...

Muito giro.
Gostei muito.

Bjs

Mãe Gabi disse...

gostei muito de te ler!bjs

Banita disse...

Pois está claro que gostei!! A minha avó também falava de um certo amor à janela a atirar saquinhos de terra ao seu amor, o meu avô, em pleno carnaval! São tão bonitas as histórias de amor à antiga!
Parabéns e votos de muito sucesso!

Ana Luísa disse...

Como deixei lá, adorei a estória e a forma como a escreveste.
Muitos parabéns!
Sabes, eu tenho diários desde os 9/10 anos que estão guardados religiosamente em casa dos meus pais :P
Beijos.

mãaaeeee disse...

Amei! Descrever o amor assim, em gestos simples, com uma profundidade que vem da verdade de t-o-d-a-s as palavras ...
simplesmente ... amei!
beijinhos

Maria José disse...

Está muito giro adorei
bjokas

Carla disse...

Gostei muito de ler o teu texto...
A Decisão é (ir trabalhar para muito longe daqui)com oceanos de separação!
Beijinho grande Amiga e obrigada pelo teu comentário no nosso cantinho.

Eu disse...

Adoro histórias de amor! A ADOREI a história q contaste! Parabéns

Ana Fundo disse...

Carla, adorei ler a tua história!!!
Linda e bem contada.
Beijos

Tita disse...

:) Sempre a surpreender!
Parabéns linda.
Bjs grandes