Avançar para o conteúdo principal

Mensagens

A mostrar mensagens de Outubro, 2013

Mimos e afetos

Ontem quando cheguei a casa a Madalena estava cheia de queixas, doí-lhe a cabeça, a barriga e a garganta. Não quis tomar banho com os irmãos, como de costume. Demorou imenso tempo a entrar na banheira... Tratei dos dois mais novos e ela ainda só tinha despido a camisola. Perguntei o que se passava, e ela muito chorosa...dei-lhe banho, sozinhas, eu e ela, conversámos, perguntei se aquilo tudo não seria falta de mimo, porque na noite anterior tinhamos estado focados no mais velho e nas notas e no teste de matemática que é já amanhã...e numa longaaaaa conversa com ele - e ela respondeu que era. Abracei-a. Disse-lhe que também gostava de estar só com ela a fazer coisas de meninas, mas que somos uma familia numerosa e temos que partilhar também o mimo.Acenou com a cabeça. Vesti-lhe o pijama, penteei-a...e enquanto tomei um duche e vesti o pijama, nao me largou, conversou, mirou todos os meus movimentos...disse-lhe para descer e ver tv e não quis.Descemos as duas...pediu-me para me sentar c…

Há dias assim

...em que estamos sensiveis, em que as coisas que estão nas devidas gavetas, saltam e fazem soltar as lágrimas...são as coisas que não estão arrumadas...estão so nas gavetas... Hoje vou começar a tentar arrumar essas gavetas dentro de mim, devagarinho. Eu que gosto tanto de "limpezas gerais" de arrumar tudo, fisicamente, tenho alguma dificuldade em arrumar de verdade dentro de mim...e depois é como um armário cheio de coisas, quando se abre cai tudo no chão...e eu estou assim. Abri o armário e stá tudo a saltar cá para fora...vou começar as arrumações. :)
O meu pai é um homem bem disposto por natureza. Hoje de manhã,estava eu ao telefone com a minha mãe e ela diz- está aqui o pai, vou passar. -Olá pai! Estás bem? -Tá de chuva aqui! Como estão? E a criançada? - Tudo bem pai, e tu? -Estou bem! Dormi com uma mulher casada... (risota, dele e da minha mãe!) - Ok! Beijinhos pai...juizo, sim! :P
Começam hoje os testes... Ele descontraidissimo! Não o vejo a estudar com afinco... Andamos sempre em cima dele para estudar e ter as matérias em dia, e os cadernos organizados... Quer medicina...quer, de fato quer...e notas para chegar lá??? É isto!
O meu marido não é romântico nem "cuxi cuxi"...nem lamechas, em suma é GAJO! Mas surpreendeu-me, no sábado, gostei de o ouvir fazer uma "declaração de amor" à propria sogra, leia-se minha querida mãe, e a rematar com um - "e tudo o que eu disse tambem se aplica ao meu sogro"! (e sim , eles tratam-no como filho!)
Quando o Tomás tinha a idade da Margarida estava eu grávida da própria... Tenho alguma saudade das barrigas de grávida, das roupas, da preparação para a chegada de mais um bebé... Mas agora, embora ainda pense, e apesar de sonharmos muitas vezes em ter 5 filhos, acho que não. ...ainda que sinta uma certa melancolia...é isto!

3 Anos!

Muitos parabéns, minha fofa linda! Estás linda e reguila. Danças lindamente, cantas e dizes " Mãe xou feliz!"...eu eu fico feliz por te ouvir assim e por te sentir assim feliz! Hoje levaste o bolo da Rapuzel, e recebeste todas as prendas da Rapunzel...e no fim de semana terás mais um bolo da Rapuzel...porque para ti minha doce TUDO tem que ser da Rapuzel...ontem tamb´´em pediste o cabelo da Rapunzel, mas isso já acho um bocadinho demais! :D Beijos para a minha princesa mais nova!

...sem palavras

ontemo meu filho mais velh dizia-me que o colega T. que está no IPO tem uma página no face feita pela mãe...e leu-me uma frase que a mãe escreveu, algo como - chamava-me tantas vezes- Mãe, anda cá- e eu respondia- já vou T - e agora adoraria que me chamasses. Enquanto o meu filho lia, as lágrimas corriam-me pela cara, e ele diz assim - Oh mãe nem imaginas as vezes que rezei pelo B (amigo dele que está agora, graças a Deus em recuperação)e agora pelo T. E é isto. Tantas vezes nesta loucura da vida, de trabalho de preocupações de tudo e um par de botas...e de dizermos "já vou" ou "ja brinco" e depois ...é isto... O B. é um herói...morreu-lhe o pai, a mãe teve um AVC...e depois ele ficou doente...aquele miudo de caracois loiros que vinha a nossa casa com ar reguila, mas sempre muito educado - queria ser jogador de futebol e não gostava de estudar...e eu dava-lhe na cabeça...e de repente o mundo dele desmoronou...e ele foi construindo pedra por pedra, e o seu castel…
estamos a uma semana do aniversário da piolhita...ela quer um vestido da Rapunzel...que eu não consigo encontrar em lado nenhum!!!
Ontem fomos ao centro comercial trocar umas calças ao Eduardo, a Madalena queria comprar um soutien, aceitei porque ja calculava que não houvesse para a idade dela, e na loja ela perceberia...perguntei e disseram que estavam esgotados...:/ - Mãe o que é esgotados? - Quer dizer que não há, porque compraram todos! - Então quero umachapeu de chuva. O Sr. que no atendeu ouviu e disse - também estão esgotados! Ela amuou um bocadinho e viemos para o carro. Estavamos a chegar a casa e diz ela: - Ok não havia nada do que eu queria, então à tarde sabes o que me apetece? - Diz lá filha? - Irmos as duas a um SPA! ...também eu filha, também eu!
Ontem era dia de ir andar, eu e a minha vizinha. A Madalena, faz um teatro à volta da minha caminhada...todas as semanas. Já a levei uma vez no verão, mas agora, em horário escolar, nem pensar. Ja tive muitas conversas com ela sobre o assunto, ja expliquei e vou andar com a nossa vizinha, que a mãe também precisa de ter uma atividade (como se isto se pudesse considerar uma atividade), que ela tem que dormir e como saímos às 9 horas ela já está deitada...enfim...expliquei tudinho...mas todas as semanas há gritaria, ontem nem quis jantar. E os argumentos dela são: -E porque tu vais trabalhar o dia todo e eu tenho montes de saudades tuas e depois à noite vais andar e eu fico ainda com mais saudades tuas- e as lágrimas grossas a rolarem pela cara, e um soluçar sentido. - Madalena, a mãe sai quando vocês ja estão deitados, e temos todos os dias para estar as duas, porque é que estás a fazer isto com a mãe? - Porque tenho saudades tuas....e o soluçar continua. Deitámo-los. Saí. Cheguei uma …