segunda-feira, março 31, 2014

Com a mudança da hora...muda tudo!

Ontem, tomamos o pequeno almoço as 10h.45m, coisa inédita, almoçámos quase às 2h.30m, lanchara às 6h e acabámos de jantar quase às 9h30h - coisa estranha cá por casa. Hoje foi dificil levantar. Quando olhei para o relogio do carro eram 7.30 - ok, não estava ainda com o horário certo.

sexta-feira, março 28, 2014

Eles apanham tudinho...e repetem

Estava eu a tomar banho e entra a miuda pequena! Vinha de livro em punho para me "ler" uma historia. Senta-se na sanita, abre o livro e nisto diz - A porta da caxa de banho é para estar fechada!- É o pai que dixe!

quinta-feira, março 27, 2014

Corte de Cabelo

Aqui há dias, estava num dia menos bom e na hora de almoço fui a um cabeleireiro cortar o cabelo...escolhi uma coisa e fizeram outra. Como qualquer pessoa fiquei danada...aquilo no momento escapou porque estava seco ao secador e penteado... Quando lavei o cabelo em casa percebi a borrada asneira que tinha feito. Ontem, lá fui eu tentar dar mais um jeito, a ver se fica como eu gosto. Constatei, no entanto, que o jeito é mesmo deixar crescer. Nota mental : em dias "não", não ir a qualquer cabeleireiro, mesmo que pareça muito chic!

segunda-feira, março 24, 2014

O pai lá de casa está quase a fazer anos. Ontem, ainda na cama, estavamos numa sessão de mimos, eu e eles todos - às 7.30 da manhã- o pai fugiu para uma das camas vagas, e perguntei se tinham ideias para a prenda do pai, eus as sugestões: - uma camisa, umas calças e uma gravata - Tomás; - Um relógio - Madalena; - Um relógio - Margarida; - Roupa para o BTT - Eduardo E pronto, é isto...a ver vamos!

sexta-feira, março 21, 2014

Fernando Ribeiro e Castro

Hoje as familias numerosas ficaram mais pobres. O Fundador da associação partiu. Foi um grande homem e um grande pai. Um dos seus filhos foi padre na nossa freguesia - um doce de pessoa. Hoje estamos todos tristes com esta partida.

quinta-feira, março 20, 2014

Portaram-se mal...

Ontem ao fim do dia passamos no supermercado antes de ir para casa. Sugeri, euzinha, levarmos os miudos, escusávamos de ir a casa e depois ir um de nós às compras. Antes de sair do carro relembrei - nada de birras. Quando chegámos ao supermercado comecei rapidamente as compras - 1ª birra do Tomas, queria começar pelas bolachas - disse-lhe que não, que as bolachas seriam a ultima coisa, caso se portassem bem.Segue a marinha. Estava eu a tentar perceber onde estava a massa fresca para a lasanha quando a malta pequena começa em modo birra por causa dos queijinhos - e porque a mãe num dixe - mas eu sei que ela deixa - oh Tomás pára - e eles a agarrarem nos queijinhos - e o outro a gritar - e eu a avisar para nao falarem assim uns com os outros.O pai na charcutaria à espra de vez. E a birra foi-se avolumando e o tom de voz deles foi-se elevando- baixei-me e disse ou ouvido do Tomás - ou páras ou vamos embora e deixo aqui as compras. Lá continuámos e fomos para caixa pagar... Chegados a casa, enquanto arrumávamos as compras, eles foram para a sala jogar. Chamo-os para tomar banho, uma e duas e três vezes, até que cruzo os braços a olhar para eles. A Madalena apagou de imediato a TV e o Tomas começa a gritar com ela e a dizer-lhe que ela era uma estupida !!!!! Peguei-lhe num braço e levei-o para o quarto - falei com ele e disse-lhe que ía ficar no quarto até pedir desculpa à irmã.Dizia que nao pedia, porque ela tinha apagado a televisão.Eu a tentar explicar-lhe que era mais grave o que ele tinha dito e como tinha dito. Dei banho às duas.A mais pequenina desceu e a mais velha ficou comigo. Chamei o Tomás. E ele nada.Voltei a chamar e nada. Fui ao quarto. Lá veio, a chorar.Voltei a explicar tudo o que nao devia ter acontecido, que ele nao pode gritar com os irmãos, nem comigo nem com o pai. Que ja se tinha portado mal nas compras e que nao podia ser... Lá veio tomar banho.Eu sempre a conversar e a Madalena a ouvir, nisto, diz ela : " Oh Tomás porque é que não és como a mãe, calma e inteligente!" (que bem que me soube ouvir isto da minha filha)Acabei o banho dele e ele a chorar...esteve sempre a chorar durante o banho e enquanto eu conversava com ele.Já sentados à mesa para jantar e mais descontraidos.- disse-lhe -dá um beijinho à mana e pede-lhe desculpa! - e ele deu! Isso sim soube-me mesmo bem!

quarta-feira, março 19, 2014

Ao pai dos meus filhos e ao meu pai, o melhor do mundo! Adoro-vos!

segunda-feira, março 17, 2014

Nota mental

Começara a andar e correr 3 vezes por semana.

quarta-feira, março 12, 2014

A matemática

Cá em casa a matemática é uma espécie de pedra no sapato. O pai é da área de gestão...eu nem por isso... O filho mais velho tem imensas dificuldades a matemática e mesmo com explicações não tem tido positiva...ontem fez teste intermédio de matemática. Disse que tinha corrido bem, que deve dar para a positiva :S - Oh Eduardo, mas nao podes apenas pensar na positiva, tens que pensra em médias para a faculdade... -Oh mãe eu ainda nem sei bem o que quero!! Relmente assim é dificil, mas nao deixa de ser um miudo de 16 anos a ter que decidir o que quer fazer na vida...tenho para mim que por enquanto é mais guitarra e namorada...

segunda-feira, março 10, 2014

O colchão roubado e a cama nova...

Sábado de manhã, o pai foi com o carro à oficina, o filho mais velho sai para as explicações de matematica, e ficamos so os quatro.Verifico que a Magui fez um xixi na cama...e antes de descermos para o pequeno almoço, deixo o colchão dela na varanda já com a mancha do xix lavada, para secar ao sol. Tomámos o pequeno almoço a quatro, com calma e um sol maravilhoso a entrar pela janela da sala de jantar. Arrastámos-nos um bocadinho, e depois da mesa levantada e de os vestir comecei na azafama das limpezas enquanto eles brincavam na sala.A Madalena queria ja colocar as roupa de primavera ...eu deixei. Quando me dou conta o colchão nao estava na varanda, abri a janela espreitei, vi melhor, olhei para baixo e so vi o partão aberto...roubaram o colchão! Liguei ao pai. Tinhamos de ir comprar um colchão e para isso fomos ao IKEA ao fim da tarde.Pedimos o colchão para aquela cama e uma menina muito despachada deu-nos uma referencia. Fomos ao corredor e secção respectiva e lá compramos o colchão. Chegados a casa - não servia!!!ok já começa a ficar tarde, elas hoje dormem as duas e amanhã vamos lá fazer a troca. No domingo mais uma visita à loja, afinal ja nao há aquele tamanho de colchão a solução é levar já uma cama igual à da irmã e fica resolvido - pois é. E pronto, veio uma cama nova e uma capa de edredon igual à da irmã, e mais caixas... Eram quase 7 horas da tarde/noite e ela tinha um quarto "novo", tão giro que ficou!Aproveitámos e fizemos arrumações, a Madalena estava a adorar - tudo em caixas com riscas cor de rosa ou quadrados verdes. A roupa de Primavera pronta a usar e como toque final acendi uma velinhas cor de rosa no quarto delas - ficaram em delirio!E eu feliz por vê-las assim tão parecidas comigo nestas coisas... O Tomás também queria uma vela no quarto dele e lá se arranjou uma a cheirar a baunilha! E uma caixa aos quadrados so para os legos! Depois disto , pergunto: Eduardo tens o teu quarto arrumado? - Sim, mãe! -Ok já lá vou ver - mas subi de imediato: 3 pares de tenis, 3 talhões de banho, livros no chão... - Eduardo, arruma lá o quarto, sim? - Já vai mãe.... É isto!

sexta-feira, março 07, 2014

Hoje está sol. O sol parece que nos dá uma perspectiva diferente das coisas- dá-nos mais luz. Mentalmente programo o fim de semana e apetece-me começar com as limpezas da primavera.:)Arejar a casa e deixar o sol entrar pelas janelas. Sair para passear com os miudos, e deixa-los brincar e beber deste sol, e depois entrar em casa e sentir o cheiro a limpo, daquelas limpezas profundas...e preparar refeições com perguntas à mistura, e pedidos para se sentarem nas bancadas da cozinha para verem de perto o que vou preparando para cozinhar...e vermos um filme juntos depois de jantar, todos aninhados uns nos outros... É fim de semana!

quarta-feira, março 05, 2014

- Mãe, é panfuxas? - Não filha, pantufas, pan-tu-fas, diz lá - Panfuxas! -Pan-tu-fas. -Panxuxas...panfufas...PANFUXAS! ok, seja!