sábado, fevereiro 17, 2007

SUSTO!!!!!

Sexta feira, hora de almoço, começo a estranhar a demora dele chegar a casa.
A escola fica mesmo aqui ao lado ...ele demora 2 minutos...mas já são 13.15...Ligo para a escola, atende o professor , coincidência, ....
-Estou..
-Estou prof. , como está, o meu filho ainda não chegou a casa!
-Não me diga, eu fui levá-lo ao portão da escola e ele saiu com o L e com o N , ...já à algum tempo!
Ok obrigada
Fiquei desesperada, nem sinais dele...desatei a chorar, liguei ao pai, e aos meus pais...eram já 13.30...entrei em pânico....
Chovia imenso, agarrei na Madalena e sai á procura dele...parecia um filme, não se via ninguém na rua...o pai ligou outra vez para saber dele, -ainda não chegou- ok eu vou já para aí!
Chego a casa liga-me uma auxiliar da escola...foi ela procurá-lo...ligou-me a dizer que não o encontrou...
Lembrámo-nos de procurar na casa do amigo...foi lá ela...
Eram 14.04 quando ela bateu á minha porta com ele....
Nem sei descrever como me senti!
Nunca pensei que o meu filho fosse capaz de ir a casa de um amigo sem nos dizer nada...
Nunca pensei que ele não pensasse em mim e como eu ficaria preocupada.
Dei-lhe umas palmadas...e está ainda de castigo, não joga psx....
Naqueles momentos a minha cabeça parece que ía estoirar, sentia as pernas a tremer, achei que nada faria sentido sem ele...
Tive medo muito medo....angustia, e medo mais medo..de não o ver, de não o sentir...foi horrivel, ...
Agora está aqui ao meu lado...
Todos os dias lhe digo que o amo...sempre disse...
E fiquei muito triste que ele tenha tido esta atitude de ir para casa do amigo pk o amigo o convidou...
Agora já passou...mas cá dentro ...pergunto-me em que é que eu falhei para ele ter tido uma atitude destas!

Bjs
Carla

12 comentários:

Confessionário disse...

Eih, calma. Tb nao é nada do outro mundo. Só tens de ensiná-lo a ser mais responsável. De resto não podes exagerar na forma de pensar: "Como seria a minha vida sem ele?" Assi quase parece que a tónica está em ti e não nele! Bem... eu sei, porque te conheço, que não é assim.
Isto é só para que o alarme não se transforme em pânico e o pânico em sem sentido!!! Calma. Ele vai entender!
beijos de força

rakel disse...

Tens de te lembrar de quando tinhas a idade dele. Fizeste bem em ralhar e em mostrar-lhe que não deve fazer este tipo de coisas sem telefonar a pedir. Eles começam a ficar mais velhinhos é assim. Mas tenho a certeza que não fez com intenção de te afligir. Eles acham sempre que é só um bocadinho e depois esquecem-se das horas. Vá. Calma! Nada de dramas.
Já passou.
Beijinhos

Luna disse...

com castigo que lhe deste não vai repetir.
beijocas e bom carnaval
Luna

R&L disse...

Bem... compreendo o que sentiste ainda que de forma superficial. Também dou comigo a pensar em como quero educar os meus filhos e depois tenho medo de não lhes conseguir transmitir tudo o que gostava. O teu susto já passou, ele não vai repetir!

Beijinhos

Maria e Jorge disse...

Cristo é mesmo para entrar em pânico, é de ficar sem uma pinga de sangue. O meu tem 9 anos ainda não me aprontou nenhuma destas, espero nunca ter de passar por uma aflição destas.
Mas o principal é que ele está bem, concerteza não volta a repetir a mesma dança.

Beijinhos
Maria (Açores)

Bekas C. disse...

Bolas!!! Imagino a tua aflição...
Não será altura de lhe dares um telemovél?
Beijokas
;)

Ana Luísa disse...

Miga, imagino a tua aflição mas foi só uma vez... "Faz parte" de crescer e ser miúdo... Com o castigo, de certeza que não se vai repetir.
Quem sabe se não foi para 'chamar a atenção'?... Todos nós fizemos coisas parecidas aos nossos pais...
Já passou...
Beijinhos

Sílvia disse...

Está a entrar na fase da adolescência...tens que incutir-lhe responsabilidade e também começares a pensar que já não é mais o teu bebé...
Bjs

Gina disse...

Meu Deus, compreendo bem o teu susto! Quando estava grávida do Duarte, o Gonçalinho resolveu fugir-me, num centro comercial. Corri atrás dele com aquele barrigão enorme para não o perder de vista. Mas deixei de o ver por uns minutos e, naquele momento, o mundo para mim parou e eu gelei de medo e aflição.

Às vezes exageramos nas nossas reacções, é certo, mas eu também sou muito mãe galinha e, no entanto, quando era miúda, fazia imensas traquinices. Mas agora é diferente, não é amiga?

Mas tenta manter a calma e, agora que as coisas esfriaram, fala com ele e explica-lhe que o que ele fez deixou-te muito aflita e preocupada e que, sempre que queira ir para casa de um amigo ou ficar a brincar mais um pouco, te deve avisar, ainda por cima, sendo a escola assim tão perto. Tenho a Certeza que ele vai entender!

Um beijo grande e agora tenta tranquilizar-te. Já está tudo bem! :)

mãe gabi disse...

Relembrei-me de uma coisa que aconteceu comigo:
Tinha uns 9 anos...e fui comprar pela 1ª vez o jornal ao meu pai um domingo de manha a papelaria era uma rua acima da nossa...mas antes de ir fui chamar a vizinha do lado para ir comigo...so que ela demorou tempo a vestir-se...quando chego a rua a minha mae já em panico.... fiquei de castigo!

bjs para ti!

A mamã disse...

Puxa CARLA QUE GANDE SUSTO MEMSO ...imagino a vossa aflição... mas também tens de compreender ele é apenas uma criança
Ainda bem que está tudo bem
Beijinhos
Paula

Smas disse...

Bem, só agora li, mas fiquei aflita e de lágrimas nos olhos.
QUando o meu filho chega mais de meia hora atrasado a casa por causa dos autocarros e do trânsito que é imprevísival costumo ficar aflita e nem imagino a tua aflição.
Fizeste bem em pô-lo de castigo.
Um beijinho muito,muito grande