segunda-feira, março 17, 2008

educação...no nosso tempo!!!!

Ontem ao jantar estavamos a falar do "nosso " tempo, e no modo como fomos educados!
Não sei se era demais...mas nao ficámos traumatizados por termos levado "aquela " palmada na hora certa!
Agora temos "medo" de dar uma palmada nos nossos filhos, porque podem ficar com algum trauma ...além de que eu só consigo "enxotar moscas"LOL
Quando eu era pequena so precisavam de me dizer as coisas uma vez só!
E chegava!
Agora ...e por enquanto só com o mais velho repetimos as mesmas coisas imensas vezes....um "não" é tentado até ao ultimo grau com varias justificações e explicações!
E mesmo assim ás vezes, quando saimos parece que nada do que foi dito ficou retido!
Chegou a casa do meu irmão e mexeu num iman do frigorifico que caíu sem querer no chão mas que se partiu....a minha cunhada chamou-o á atenção...custou-me, não porque ela tivesse dito algo de mal mas porque a educação que eu transmiti ao meu filho parece que nao surtiu efeito!
Fartamo-nos de o avisar para nao mexer em nada , para nao interromper as conversas, enfim!
Claro que, provavelmente, comparado com outro miudos é muito bem comportado...
Mas nós no nosso tempo, ....bem a minha mãe sempre disse que podia levar-me ao melhor dos sitios que eu NUNCA me portava mal...ou mexia em alguma coisa!
Ás vezes acho que lhe faltou aquela palmada na hora certa!
Eu e o pai estavamos a contar como foi connosco quando tinhamos a idade dele ...ele ouviu sem grandes comentarios.
Quando ele se foi deitar dizia-me o pai :
- Os mais novos ainda vão ser "piores"!!!!

LOL

14 comentários:

Ana Luísa disse...

Pois é amiga, eu também nunca mexia em nada nem abria a boca! Hoje é tudo diferente... E hoje que sou mãe vejo as coisas de outra maneira... Acho que me fizeram falta algumas palmadas, lol, lol.
Cá em casa é notória a diferença entre o Francisco e o irmão... Claro que o Francisco é muito mais desobediente e irrequieto!!!
Beijinhos grandes.

Claudia_peixinha disse...

Julgo n ser fata de educação menino ter mexido no Iman mas sim curiosidade propria de criança.
Realmente tem de ser ensinado ,mas com calma .
Eles sobre pressão não aprendem nada.

E eu mexia em tudo e queria tudo ..com o tempo aprendi ,que nem tudo podia ter.

BJS aos teus lindos filhos.

TorreDaVila disse...

eu tb tive uma educação rigida. não pedia nada nem mexia em nada. MESMO.
Com os meus filhos não sou nem metade. Contudo, não sou das que enxuta as moscas. Não tenho medo da palmada bem dada, ou de um "não" certeiro.

Não concordo com o q o teu marido disse... olha que nós com o segundo somos mais firmes do q com a irmã.
Ela foi a 1ª, a nossa "experiência" nesta coisa de educar... e só cai na mesma duas vezes quem quer.

creio que nós crescemos tão "educadissimos" que enquanto cresciamos devemos ter pensado montes de vezes "não serei assim para os meus filhos" ou então pensamos "olha estou aqui a dar-me ao trabalho, qd na escola eles lidam com cada um mais mal educado e trás seja como for a má educação para casa" e deixamos facilitar aqui e ali...

Falta muita conversa e muita calma e compreenção hoje em dia... e faz tanta tanta diferença só estas 3 coisas...

Nostálgica disse...

Acho que uma palmada na hora certa nunca fez mal a ninguem.. MAS O ideal é explicar o porquê ás crianças.Conversar, apenas.

Um bjnho.

Cláudia, a mamã da Daniela e do Duarte disse...

eu também era igual, não mexia em nada e nem me ouviam, quando estavam em casa de outras pessoas!
A Daniela abre as portas de todos os armários e finge não ouvir o nosso "não", repetido vezes sem conta!!!!

Luna disse...

tb nao digo que Edu foi mal educado pq tu es um mãe fantastica nisso não duvido,o defeito dele e a curiosidade dele mta vezes o traí.
uma palmada na altura certa fazem milagres, apesar de eu preferir o castigo.
Eu tb levei bastantes palmadas quando era pequena eu era uma peste bem as merecia.
conversa mais com ele mas com calma sem gritos, vais ver ele assim te ouve melhor está assim mais desde que o irmão nasceu notas isso? em ultimo o castigo que já viste que funciona na perfeição com ele.
pascoa feliz
bjos
Luna

Monica disse...

Ai o nosso tempo... :D
Beijocas

Filipa disse...

Ah pois é, nós agora somos muito brandos... talvez por acharmos que muitas vezes os nossos pais exageraram connosco. Mas o que é certo é que resultava!

sophis disse...

Também acho que não me posso queixar do João, mas sei bem do que falas...sobretudo das conversas que eles teimam em interromper. De resto, sou como tu: só sei enxotar moscas :)

Ana Vida disse...

Podes crer...essas conversas vêm sempre à baila cá em casa.Como é possível as coisas terem mudado tanto??!!
Mil beijos:)

Raio de Sol disse...

:)

sorrisos da minha alma disse...

Não te culpes, é normal, curiosidade, disso também me queixo de Duda, e ela ás vezes também não se porta como eu gostaria em casa dos tios.
Eles não são perfeitos e ainda bem que não o são :-), não teria piada né .-D
Joquinhas

Suzana disse...

A verdade é que fomos todos educados de forma mais rígida no "nosso tempo" e estamos cá todas muito saudáveis mentalmente e sem traumas.

Mas, o teu filhote não foi mal-educado por mexer no iman. Como já disseram foiapenas curiosidade e caiu sem querer. Há sempre uma ou outra criança, que mesmo muito educados, são mais irrequietos e acabam por não conseguir estar sem mexer. Vai com calma, que chegam lá!!

A minha mais velha (9 anos) é totalmente irrequieta. Por acaso tenho sorte, na casa dos outros porta-se bem (dizem), mas aqui e na casa da minha mãe, é o descalabro total,.... teimosa como tudo, e quando é preciso, leva a tal palmada!!

O que importa, é que tenhamos consciência quando se portam mal, e fazer para que eles melhorem. E isso, tu fazes muito bem. ;)

Jokas

Kelly disse...

Sabes, pergunto-me a mesma coisa e não encontro resposta...