sexta-feira, dezembro 05, 2008

Educação...

Hoje falo de educação.
Educação no geral, educação na escola, educação e ponto final!
No meu tempo, ou para alguns que me lêem, no nosso tempo, era diferente!
Nós não fomos uma geração rasca como alguns disseram!
Porque apesar de tudo, apesar de tudo o que nos motivava fora da escola, muito mais nos movia lá dentro!Fosse o respito aos professores ou às contínuas, que agora são auxiliares, fosse o respeito aos nossos pais, que nos castigavam se faltassemos ás aulas, e nós respeitávamos isso, com mais medo ou menos medo havia respeito, e nós colaborávamos e retribuíamos, nem tinhamos outro remédio!!!!
Falo da malta que me rodeou e acredito que nao eramos diferentes dos outros, queriamos estudar, era orgulho para nós termos boas notas ou sermos os melhores da turma, ir para a universidade ou ter uma profissão...controlavamos as faltas...contadinhas até ao final do ano, para fazer gazeta numa aula ou outra e ficarmos a dar dois dedos de conversa da treta...mas ficavamos contentes , pela faltita...era fixe...mas era com responsabilidade!
Na sala os professores mandavam calar e quem nao calasse ía para rua, e ponto final!
Chumbava-se por faltas!E bem feito!Porque as aulas são para aprender e nao para faltar!Os gazeteiros eram postos de lado, pelos outros!Nós também faltávamos, é certo, mas era uma vez no ano, era controlado, para nao prejudicar o andamento das notas!!!!Não haviam desculpa e mais justificações dos papás para faltas da treta!!!!
Quem fosse mal educado tinha falta disciplinar e ponto!
Eu ainda tive professores que usavam bata branca, e nós tinhamos um respeitinho...que agora muito admiro!
E mais, passavamos de ano a saber a matéria, coisa que começa a ser rara nos dias que correm!!!!E claro ,com orgulho!
Agora, para além de saberem pouco, muitos são mal educados...
Mas, meus caros, eduquem-se os pais, porque depois de apreciar alguns pais, e olhem que falo com conhecimento de causa, é até uma sorte os filhos não serem ainda piores!!!!
Os pais absteram-se da educação dos filhos, começam cedo!Dá-se tudo e mais um par de botas, senão as crianças ficam traumatitazadas e gritam e fazem birras em plenos hipermercados!!!
Dá-se tudo porque é mais fácil e assim eles ficam calados e nao chateiam...e ás vezes os pais querem mesmo é que não chateiem. É mais facil dizer "sim", do que educar e dizer "não" as vezes que forem precisas para eles perceberem que têm que crescer e que isso também significa contrariedades!!!!
Dá-se tudo mas não se dá atenção e mimo e carinho e conversa, e cumplicidade em coisas banais!!!!
Dá-se tudo mas não se dá o principal!
Vê-se agora tantos miudos sem principios, sem regras, sem orientação, sem objectivos...boas notas para quê??No Natal recebem as mesmas prendas quer tenham na pauta 2 ou 3 ou 4...Porque coitadinhos...
Faltas de respeito com professores e auxiliares e ...nada acontece!!!!
E já agora ...os professores que também participam na educação, nada fazem, por medo ou por medo, ou por medo....(mas este também era um assunto com pano para mangas!!!)
Entram alunos nas salas de boné e de capuz enfiado na cabeça...mas o que é isto????
Que falta de respeito é esta????
E isto é o elementar...o que se espera de um aluno destes????Com um comportamento destes????
É uma ausência total emocional, parental, de respeito...
E tenho pena, tenho pena que estes jovens nao tenham, a oportunidade de serem realmente miudos dinâmicos, responsaveis, inteligentes e que aproveitem as capacidades e que as canalizem para o bem!!!!Falta-lhes uma base, um alicerce, um pilar, um porto de abrigo!
Concluo que muito do trabalho passa por CASA, passa pelos pais...Eduquem-se os pais para que possam educar os filhos!
Meninas com 12/13/14 anos com uma mão cheia de palavrões na boca...sem quererem saber onde estão ou quem ouve!!!
Eh pá na minha geração as meninas não falavam assim!E a isto chamava-se mesmo má educação!
Meninas com conversas adultas, e nos deixam a pensar, como é possivel???
Aqui há dias apreciei uma cena assim: 3 garotas, garotas de 13/14 anos, com palavrões à mistura, uma frase com 10 palavras teria 8 palavrões...uma delas era mais sossegada e calada, olhava para as que falavam, as outras sairam numa estação e a mais calada ficou, fiquei a olhá-la...ligou para a mãe a dizer que ía para casa...tinha uma voz doce, mas porque raio é que ela havia de estar com as outras malucas mal educadas, pensei eu!...para ser aceite...tive pena...será que a mãe sabe???Ou se preocupa?Fiquei a pensar que sim, porque aquela menina era mesmo uma menina...
Cenas destas aprecio todos os dias!
Quando espero pelo meu filho à porta da escola...é de bradar aos céus!!!!
Fico triste...com tanto mau exemplo que vejo de perfeita má educação, de faltas de respeito, de desmotivação total...e quando vejo excepções...miudos atinados que saiem da escola calma e pacificamente, gosto de ver ,de os sentir calmos e em paz com eles e com os que os rodeia!

...alonguei-me nesta conversa!!!
Bom fim de semana grandeeeeeeeee

11 comentários:

Luna disse...

alongas-te não, escreves-te mto bem, tenho saudades da nossa geração nós lutamos para ter as coisas, e quando conseguíamos era uma vitória que nos sabia tão bem davamos valor as coisas
beijocas e bfs

sonho de bebé disse...

Concordo contigo, porque me identifico com a geração que descreveste tão bem, era mesmo assim que nos comportava-mos. Ainda me lembro de um colega meu que andava sempre de boné e que os professores obrigavam-no a tira-lo assim que sentava na sala de aula. Agora nem sequer olham...
Eu só espero poder dar aos meus filhos esta educação que tive.
Beijinhos

MJ disse...

Olá
Concordo contigo, também sou dessa geração e orgulho-me, afinal nunca me dei mal, e estou a fzer o mesmo ao meu filho de 7 anos, penso que tudo vai do "berço", e como dizia um chefe que eu tive o " o berço o dá e a tumba o leva", e é bem verdade, vou continuar a fazer isto, para meu bem e do meu filho.
Bom fds e bom feriado.
Bjs
MJoão

Mamã Pirata disse...

Na nossa geração os Pais diziam á professora " dê-lhe uma palmada se precisar" .Hoje os Paizinhos batem nos professores se os meninos levam um puxam de orelhas.

...realmente a educação começa em casa.E dizes bem "eduquem 1º os Pais".

...e cm tudo isto temo pelo meu filho que tb irá pra escola aprender "maus vicios".

Bjs p vcs e bom fds:)) Aproveitem pra se mimarem mto.

Maria disse...

Mas tens toda a razão..:)
beijinho.

Miragem disse...

Mai'nada!! Disseste tudo: eduquem-se os pais!!!
E tão triste que fico quando vejo que esses pais são da mesma geração que eu... que vergonha... (ainda vou morder a língua, com a pirata que lá tenho em casa... que aquela não torce nem amola...)

Beijos nossos

Tita disse...

Parece que a nossa conversa de ontem deu post. E um post muito bom!
Sabes o que me assusta mesmo? É a falta de educação que existe hoje!
Fico á toa com a ausência dela nos miudos de hoje...

Beijos hoje a saltitar heheh

Avozinha disse...

Obrigada, amiga, por este post, que resume parte dos problemas que nós profs enfrentamos diariamente. Não há aula nenhuma que eu dê que não mande tirar um boné, desligar um telemóvel, tirar auscultadores dos ouvidos. Em turmas mais complicadas, e isto significa quase 30 alunos entre os 13 e os 18 anos que não se calam um momento, nem se deixam ficar sentados nos lugares, é provável que um prof faça concessões por medo ou desespero. Quando vou fazer aula de substituição, i.e. de tortura, numa destas turmas, costumo dizer que correu bem, se nenhum aluno voou pela janela fora... Nem pensar em tentar ensinar algo. Totalmente impossível.
Felizmente, nem tudo é assim: ainda famílias 'normais', com educação 'normal', embora isso vá sendo cada vez mais uma raridade.
Obrigada pelo desabafo!

Filipa disse...

Gostei muito de te ler!
Concordo plenamente contigo e tenho um grande receio de não conseguir passar esta educação antiga ao meu filhote...

Maria José disse...

Eu assino por baixo, é verdade nós sofriamos mais que agora mas eramos melhor comportados isso +e verdade,
bjokas

Maria João disse...

Olá

Carla tenho dois filhos um rapaz com 23 anos e uma menina com 15 e desde sempre lhes disse que nunca queria ser chamada á escola por má educação graças s Deus nunca foi preciso a Beatriz chegou a ser gozada na escola por ajudar as auxiliares e quando dizia se faz favor ou obrigada pois eu acho que são coisas básicas mas que os miúdos não sabem ou fazem para não saber o que me magoa um pouco
Bjs
Maria João