quinta-feira, agosto 20, 2009

Mais um bocadinho de mim...

andei num coro cerca de 4 anos. Era fantastico porque inovámos muito na altura. Cantávamos a vozes, e eu adorava!

Quando vim para Lisboa para a Universidade, limitava-me a cantar nas festas dos amigos...ainda cantei duas ou três vezes num bar, e mais umas quantas num café especial, que tinha noites de leitura e poesia e cantorias à mistura.

Cheguei a fazer um casting e fui escolhida...mas acabei por nao aparecer mais porque seria
, ao que depois me apercebi, musica "pimba". Como não gosto muito do genero nao avancei!

Mas a musica esta-me na alma. Sinto-a de dentro para fora...choro ou rio, arrepio-me. Danço. Escuto. A musica enche-nos a alma, faz-nos vibrar...

Este era um sonho que gostava de ter seguido...

8 comentários:

Ana Luísa disse...

Sabes o que eu acho...
Que devemos sempre seguir os nossos sonhos...
E eu quando te conheci, sem saber de nada, calculei logo que cantavas ou que tinhas cantado tal é o teu tom de voz "apenas" a falar...
Um beijo enorme amiga.

Carla Isabel disse...

Ana Luisa: hoje tenho que te responder aqui...obrigada!Obrigada pela nossa amizade que floresceu aqui.
Obrigada.
És uma amiga grande, porque eu ao teu lado sou minorca ;) e uma GRANDE AMIGA!
Mesmo no Oeste vamos tomar café na mesma...ai pois vamos!

sonho de bebé disse...

Que giro!
Não imaginava...
Mas não desistas, quem sabe um dia não terás oportunidade num género que gostes.
bjs

Tita disse...

Engraçado, agora que recordo a tua voz ao telefone, lembro que a achei muito bonita! Com um timbre excelente!
A vida dá voltas querida... quem sabe um dia.
Bjs gandes

aka pink disse...

E cantas mesmo bem porque eu já te ouvi ;) (no teu casamento lembras-te?!)

Maria José disse...

Ainda está muito a tempo de seguir o teu sonho é isso que eu acho, nunca devemos desistir dos sonhos e nunca é tarde para o fazer
bjokas

Cláudia, a mamã da Daniela, do Duarte e tb do feijãozinho disse...

devemos sempre tentar... nunca se sabe. Pode ser que consigas realizar o teu sonho!

mariabesuga disse...

Não deites fora os sonhos!...
Guarda-os dentro de ti... dá-lhe tempo.

Às vezes os sonhos precisam disso, de tempo...

Quantas vezes, no tempo certo se deixam acontecer!...

Beijinho.