sexta-feira, setembro 25, 2009

Cartão vermelho


Ora a pedido do mui estimado amigo Henrique, daqui http://aminhatravessadoferreira.blogspot.com/ vou então descrever algumas das situações às quais dou cartão vermelho:
-à fome, principalmente às crianças que morrem ainda hoje de fome;
-à violência contra as crianças;
- aos Homens que transformam inocentes em soldados;
- às mães que abandonam os filhos;
-à droga
-às armas
- ao terrorismo
-ao medo
-às más linguas
Mas aproveitando este convite, sugiro agora amigo Henrique o seguinte:
Em vez de darmos cartões vermelhos, vamos dar cartões verdes pelas coisas boas que temos.
É uma forma de canalizarmos as coisas positivas e de estarmos com um sorriso nos lábios!
Espero que aceitem o desafio, mostrem lá então os cartões verdes!
Bjs

8 comentários:

Henrique ANTUNES FERREIRA disse...

Insolentíssima Senhora Dona Causídica

Boa!!!!! Bué da fixe!!!!!!! Tá no ir. Ganda cena!!!!!
(o que um ancião de 68 anos aprende com os netos...)

Carlinhazinha

Eu vou-me desenrascar tão depressa quanto possível; tu tens de arranjar mais quatro bicos que, quer queiram, quer não, serão voluntários, para os devidos enfeites, perdão, efeitos. E - nada de atenuantes no processo...

E - mtobrigado por mais uma colaboração, e uma ideia brilhante. Nem tudo tem de ser mau na vida!

Qjs

macaso disse...

Concordo sim senhora. Com os cartões vermelhos e principalmente com a ideia dos cartões verdes. Somos um povo muy pessimista é verdade.

Obrigadíssima pelo comentário. O sobrinho agradece:)

Olinda Dinis disse...

OLá, se esetiveres interessada em ajudar dá-me o teu contacto, email para te dar as instruções :) O meu é lindadinis@hotmail.com
Obrigado

Vera Oliveira disse...

Cartão Verde:

Ás trapalhadas da minha filhota, mesmo quando é teimosa.

Aos elogios que nos dão quando não estamos á espera.

Ao marido espetacular que tenho ao meu lado.

A tudo um pouco, pois também há um lado bom da vida.

TUDO DE BOM!

Banita disse...

cartão verde aos regressos à nossa pátria, à nossa comida, à nossa gente!
Bom fds!

Maria disse...

Carlinha:
É mais díficil dar cartões verdes, mas vou tentar.

Aos meus netos e a todos os netos do mundo.
Ao meu marido, companheiro de 43 anos.
Aos meus filhos, que me deram a alegria da ser mãe.
Ao meu irmão, o gajo mais porreiro que conheci.
Aos meus pais, que me deram uma infância feliz.
Aos meus sogros, sem os quais não tinha este marido.
À minha empregada, sem a qual me via aflita.
Ao Dr Cunha e Sá, que operou o meu irmão.
Aos meus amigos bloguistas, que me ajudaram num momento díficil.
À vida, que me tem dado tantos momentos bons e alguns tristes.

Afinal até nem foi assim tão díficil.

Beijinhos

Maria José disse...

Concordo a 100%
bjokas

Carla Isabel disse...

Maria:

Um grande beijinho!

Está rodeada de coisas maravilhosas!
Bjs