quinta-feira, fevereiro 17, 2011

Integrar ou não

A integração tem que ser de vontade propria ou então nao faz sentido.
Isto a propósito do que se está a passar com o meu filho mais velho.
Integrar repetentes numa turma maravilhosa. Errado.
Integrar minorias. Errado.
Mas porque raio tem que haver integrações que os visados não pretendem que assim seja.
A sociedade tem regras e quem não as cumpre, normalmente incorre numa pena, seja ela qual for.
Em relação às escolas, acho mal estas integrações.
Na maioria dos casos os alunos repetentes são cabulas, das duas uma, ou os passam até chegar ao 9º ano para eles sairem rapidinho da escola e depois passam a aser um problema para a sociedade. OU se os querem integrar então que o façam como deve ser.
Podiam ser os militares ,por exemplo a dar-lhes aulas e já agora alguma disciplina.
Porque eu nao consigo conceber que estes alunos perturbem aulas, façam asneiras e agressões na frente dos professores e estes com medo façam vista grossa...
Valerá a pena integrar?
Ou estarão a desintegrar os bons alunos?
Por mim, tinham que andar direitinhos que nem um fuso, se voltassem a portar-se mal, íam ter aulas com os militares para piarem, mas fininho!

10 comentários:

Maria João disse...

Sem dúvida estão a desintegrar os bons alunos. Já não há regras nem respeito; os alunos não temem nada, não têm medo de nada nem ninguém!! No meu tempo era muito, muito diferente, e eu só tenho 28 anos, não foi assim há tanto tempo. Não sei como ficaram as coisas no ponto onde estão, mas é triste! Não sei se teria medo no caso de ser professora, mas acho que não...

aloucura disse...

nem imagino o que deves estar a passar, tenho-me arrepiado a ler... se/qd for eu, nem sei...
força!

Luna disse...

Carla é mto complicado agora novas regras, tenho uma amiga que é professora digo não a invejo, alem da situação precária que está nos contratos este ano felizmente está colocada. Tem turma tem dado mtas dores cabeça, daquelas turmas problemáticas, tem daqueles alunos só desestabilizam a turma, nem querer aprender nem deixam aprender, ela tem fazer plano recuperação desses alunos que na realidade estão mais do que reprovados, mas para além M. educação tem se fazer o impossível.
pq custam € a reprovação de cada aluno.
força amiga esta situação seja rapidamente resolvida.
Luna

Tita disse...

Nem sei o que te diga, e quem sai prejudicada é a turma sempre!!
Bjs

pascuela disse...

Militares...
que grande ideia
nunca me tinha lembrado...
será que podemos mandar os adultos sem educação também???
Voto nisso...se puder
Força para todos

CC disse...

Eu estou contigo. Aulas com militares é que lhes fazia bem. Pois tambem acho que esses miudos só vêm destabilizar os bons alunos.

Bjos

Isa disse...

Concordo contigo acho que os deviam por em academias militares para eles andarem ali certinhos.

Mãe(q.b.) ao quadrado disse...

xi carla q conusão prai vai... é disso q eu tenho medo q aconteça ao meu pá... eles q n fazem mal a uma mosca terem de ser obrigados a levar com putos estupidos armados em maus bah concordo ctg integrar qd há vontade senão mandá-los para uma escola rigida pk assim n se safam e ainda prejudicam os outros

jocas

Helena Barreta disse...

Também não me parece bem, é que os rufias só estragam os bons alunos, mas os professores têm que seguir os protocolos e os rufias sabem que ninguém os chateia, que têm que andar na escola, mesmo que seja só a fazer asneiras.

Coragem e não deixe de lutar pelo bem estar físico e psicológico do seu menino.

Beijinhos

Cindy disse...

No meu tempo as turmas de mecânica, electrónica e desporto eram as que "levavam" com os alunos repetentes, estando as outras a salvo.

E sei perfeitamente qual a diferença entre ser repetente no 9º ano e sair de uma turma de saúde e ir para uma turma de mecânica, onde são todos mais velhos pelo menos 2 anos. Mas, pelo menos, os outros estão a salvo. Eu, felizmente, tive a sorte de ter alguma cabeça e saber distinguir o certo do errado, aliando-me a ambas as partes, para ninguém me fazer mal.

Força e coragem para passar este período menos bom e espero que chegue a solução o mais rápido possível.

Um beijo no coração.