quinta-feira, maio 26, 2011

Fui à escola...vi na parede o que estava escrito e agora riscado de forma a que ninguém percebesse o que era.

Falei com uma auxiliar porque o Director da escola nao me recebeu, porque o processo passa por fazer participação à DT e isso já foi feito.
Saí da escola apreensiva.
Quando chegou a casa disse que o R nao lhe fez nada e que o que estava escrito na parede tinha sido riscado, disse-lhe que já sabia porque tinha ido à escola.

Entretanto hoje de manhã diz-me assim :
- Sabes mãe ontem fizemos um teatro...
- Ah sim? Mas representaram?
- Não mãe, escrevemos uma peça. E eram grupos de 4 mas a mim ninguém me escolheu....
(nem sabia o que lhe responder)
- A sério- disse eu - esses teus colegas são mesmo maus meninos e os outros nao sabem pensar pela sua cabeça...e a professora?
- OLha mãe , mas a prof. disse para eu escolher um grupo e eu disse que se ninguém me tinha escolhido então nao nao me ía impor e fazia o trabalho sozinho...e há grupos que ainda nem começaram e eu já acabei...
- Boa filho assim é que é!

...isto é triste, não é por ser um filho meu, mas quem o conhece sabe que ele é um miúdo fantástico, mesmo, e nao merecia o que se está a passar!

20 comentários:

1gota disse...

Caramba, coração de mãe sofre.
E é que nestas coisas não há mto a fazer senão esperar que passe. Mas ele teve uma atitude espectacular, nota-se que é um menino consciente.

beijinho e força.

:*

Estrela do Mar disse...

Minha querida amiga nem consigo imaginar como está esse coração.

Conheço o Eduardo e sei que é um menino fantastico!

Força querida. Vão todos ultrapassar essa fase mais complicada.

Beijinho grande

Sandra e Dinis disse...

Sabes o que isso é ... muita inveja, por isso ele esta a sofrer com esses ditos colegas de escola. Devem ter muita inveja por ser como é e por ter a familia que tem.

A escola está a terminar, já ponderaste em falar na escola para o mudarem de turma para o próximo ano?

Beijinhos

aloucura disse...

deve ser imensamente dificil, estou de lagrimas nos olhos...
mas o que não o deita abaixo fá-lo mais forte. eu sei q agora não queres ouvir isto e ele tb não.
não te conheço, não o conheço, mas estou orgulhosa do teu filho. q força e maturidade.

Mónica disse...

Os outros é que ficam a perder!
Mas que é triste e de lamentar, é...
Beijocas grandes

MJC disse...

Carla, sinceramente, fiquei de lágrimas nos olhos.
O teu filho, mostra realmente ter uma personalidade muito forte, mas apesar disso é uma criança e acho que a professora deveria dar mais atenção ao que se está a passar com ele.
Desculpa este meu desabafo, mas acho que tanto a professora, como a própria escola deveriam ter outra atitude, pois o que está a acontecer com o teu filho não é nada bom para ele. :-(
Pensa nisso amiga.

Beijinho

Mãe(q.b.) ao quadrado disse...

Bolas prós miudos de agora :(

Ni! disse...

Engoli em seco. O Eduardo acaba de dar uma lição de vida a muita gente. Também sou mãe e não estou preparada para lidar com essa realidade. Não imagino o quanto o teu coração está pequenino de preocupação e frustração. Mas se te serve de algum consolo, tenho a certeza que também estará gigante de orgulho.

Patrícia Isabel disse...

Olá
Eu sou mãe de 3 rapazes e eu entendo perfeitamente a sua situação. Á 3 anos atrás andava o meu filho mais velho no 7º ano, alguem ligou-me a dizer que o meu filho leváva tareia de um outro puto, todos os dias era a mesma coisa, eu e o pai após uma longa conversa com ele conseguimos que ele contasse o que se estava a passar (ele não tinha dito pq o pai dele é um homem com algum poder e ele dizia ao meu filho que se ele contasse o pai dele matava-nos), bem nós pais viramos bichos, alem da queixa feita á DT (que não dá em nada, e aliás havia funcionários que viam e nada faziam) o meu marido foi á escola fez um escandalo falou com a escola segura, foi falar com o pai do agressor. Eu só sei que resultou nunca mais fizeram mal ao meu filho. Nós tivemos que agir assim pq ficar á espera da escola é para esquecer.
Boa sorte espero que corra tudo bem.
Bj
Patrícia

Paula disse...

possas :-(((((

maedoskiduxos disse...

A atitude dele é louvável, não se rebaixou nem se fez de tonto. Isso tb transmite aos outros que ele não é nenhum totó a quem podem fazer parvoíces sem que ele abra a boca.
Força. De facto dá mesmo vontade de dar uns tabefes nesses miúdos. Revoltante não ser suspenso.

Lena disse...

Estou chocada, e sei exactamente o que sentes, a Jo passou por algo parecido:(, uma mae sente um impotencia gigante por vermos os nossos filhos sofrerem...O problema n é o teu filho é a falta de civismo e o egoimo de alguns...

Beijinho doce do nosso castelo

Luna disse...

tadinho do teu filho, nem sei que te dizer. Ele está numa idade mto complicada, teve uma atitude louvável. O problema é falta civismo da turma teu filho não tem problema nenhum.
Eu concordo com a Sandra, o ano lectivo está quase acabar, mas para o ano, exige que teu filho não fique na mesma turma. Melhor das hipóteses mudar de escola.
força amiga, mantenham-se atentos! desejo que esta situação resolva mais rápido possível.
bjocas

Sandra disse...

Oh Carla GRANDE HOMEM já tens tua em casa! Fica feliz por isso! Teve uma atitude fantástica!

Se tivesse no teu lugar? Sinceramente, não sei como reagiria!!!

Beijos

carmo pinto disse...

ai minha querida ao ler este teu post reveijo o problema da minha filha barbara é precisamente a mesma coisa :(
fico tão mas tão triste mas incentivo-a sempre e valorizoa e ela sabe que pode sempre contar comigo mas sei que estas coisas marcam nos e muito infelizmente
um bj bem grande para o Dudu ;)

HOPE disse...

Carla, infelizmente as coisas não se resolvem com conversas. Faz uma QUEIXA por escrito, envias com carta registada com AR e dás conhecimento a todas as entidades que te possas lembrar (Director, Direcção Regional de Educação, Agrupamento Escolar, Ass. de Pais, etc)
O teu filho teve uma atitude fantástica, mas nesta idade ser posto de lado por todos não lhe faz nada bem.

Provavelmente uma mudança de escola seria uma boa opção para o próximo ano.

Espero que isso se resolva bem depressa!

Bjs

Algures no Oeste disse...

Um beijinho amiga e força...
Bom fim-de-semana.

mamã da princesa disse...

Bolas!...
Hoje não me contive e tevi mesmo de escrever!
Desculpe a minha "intromissão"
Tenho-vos "acompanhado" em silêncio, mas hoje tinha de expressar esta minha indignação ao ler estas palavras.
Tenho um nó no estomago e os olhos a lacrimejar.
Sinto uma indigançao, uma impotência e uma vontade de chegar ao "puto" e dar-lhe uns valentes abanões.
Se eu me sinto assim, nem quero imaginar o que sente o coração de mãe...
É triste, é tão triste um menino sentir-se rejeitado e sem razão para tal.
Que o seu menino supere esta fase que nenhum menino merece.
Se o meu apoio a poder ajudar, conte com ele.
Sinto-me de facto indignada com tudo isto... é o país que estamos a construir!
E a estes miudos "tadinhos" (!!) que vêm de familas destruturadas e com carencias tem de se lhe dar apoio (!!!) e não se repreendem e á vitima não se dá qualquer apoio... isto mata-me! Eu "estruturava-o"!
Desculpe toda esta conversa... mas estou indignada!

Bom fim de semana e desejo que esta fase passe depressa ou entao que venham as ferias!

Tita disse...

Essa professora precisa de umas conversas não mãe?
Vai lá e fala-lhe o que ai vai! Ele não merece estar a passar este mau bocado!!
Bjs grande

persiana disse...

É terrível aquilo que está a passar-se com o teu filho. Em relação à escola posso dizer-te que o Estatuto do aluno apenas favorece os agressores, os maus alunos, etc. Tem de haver um processo disciplinar e ser aplicada uma medida sancionatoria (a suspensão é a + grave!)A expulsão de escola é mt dificil por lei.
É a conversa da escola inclusa, pra todos... e sem dúvida temos mesmo mtas familias disfuncionais!
Qt ao comportamento da turma é a atitude normal: agem em grupo e optam pelo + forte!
Sem dúvida que se vocês como EE foram + pró-activos cartas registadas com queixas, pedidos de reuniões com a direção - terão uma resposta + rapida da DT, Direção da escola... etc...