segunda-feira, janeiro 07, 2013

Os meus filhos

são todos diferentes como os dedos que temos em cada mão...
Mas igualmente engraçados.
O Eduardo está naquela idade...mas sempre de uma meiguice e ternura que sempre lhe foi caracteristica e aos 15 anos continua a abraçar-nos e a dizer que nos adora, o que me deixa cheiinha de baba.
A Madalena é uma princesa, mas já começa a pisar o risco, devagarinho vai deixando transparecer o seu feitizinho, que a bem dizer e com o tempo vai ser imponente.
O Tomás...ai o meu Tomás, é um reguila...estica a corda até mais não, faz patifarias, esconde coisas das irmãs...diz que é um caxador, e vai ser polixia...é de uma rebiteza que só visto!
A Margarida é um misto deles todos, uma princesa ou então quando é contrariada, ui...grita que se desunha, corre atrás dos irmãos para lhes bater...já nao se fica!

São os meus tesouros, a minha luz, o meu sol, a minha vida!

1 comentário:

Elsa disse...

É verdade, os filhos são o maior tesouro que alguém pode ter, amo os meus filhos a cima de tudo nesta vida.
Beijocas