terça-feira, janeiro 21, 2014

O pai diz que o apoia mas no fundo sei que não se conforma. Disse num tom de preocupação que nao sabe como é que ele nao pensa no futuro e que no nosso pais a musica nao tem qualquer suporte financeiro...e falou com ele e tentámos arranjar alternativas...uma conversa que nao foi muito fácil como se calcula. Falámo das médias de um curso que ele também gosta...mostrou-se interessado. O meu avô era músico, eu queria ter seguido musica, eu sei o que ele está a sentir, eu sei o que a música significa para nós, faz-nos rir e chorar, faz-nos sentir...e por tudo isto já estou a tentar inscrevê-lo numa escola de música, vai fazer-lhe bem. E então, posto isto, a decisão foi: vai para uma escola de música ( a Madalena assim que ouviu a conversa disse logo que também quer ir aprender piano e violino) e vai continuar na área dele...veremos!

Sem comentários: