quinta-feira, maio 29, 2014

Ai os abraços...

Ontem fui colocar o Holter - hoje já vou tirá-lo. Quando cheguei a casa mostrei à malta o que tinha comigo e pedi-lhes algum cuidado - leia-se não se atirarem à maluca, literalmente, para cima de mim. A unica coisa que não posso fazer nestas 24 horas é "TOMAR BANHO" - o que me deixa logo à partida em stress, adiante, tomei banho "à gato" pela manhã, e peronto! Mas ontem à semelhança de outros dias a minha filha Madalena acabadinha de tomar banho e toda encharcada, queria porque queria dar-me um abracinho, e eu a explicar que nao podia porque podia molhar o aparelho e ela desata num pranto que só visto! Eu a dizer que a abraçava depois de a secar, e ela a chorar com çágrimas grossas a roalrem pela cara, enfim...lá a limpei e depois sentei-a ao meu colo, expliquei de novo que nao podia molhar o aparelho porque se podia estragar...e bla bla bla... Hora de deitar: deitei-me mais cedo do que o normal, porque queri mesmo descansar, eles assim que me advinharam na cama, saltitaram todos até ao meu quarto, primeiro a Margarida, pé ante pé- Mãe posso ficar um cadinho contigo? - Podes, mas só um bocadinho. Ouço passos, era a Madalena - Oh mãe se ela fica eu também posso - e ficou. Por último e mais barulhento veio o Tomás - MÃE, NÃO É JUSTO, AS MENINAS ESTÃO AQUI E EU ESTOU SOZINHO NO MEU QUARTO - e deitou-se. Como eu tinha que registar a hora a que me tinha deitado, tive que chamar o pai para voltar a deitá-los nas respectivas camas...4 VEZEEEEESSSS!!!!

Sem comentários: