sexta-feira, maio 30, 2014

Ainda da mudança...

Conversámos com ele, muito. Tentámos perceber os argumentos, que não são argumentos - porque quero - não é argumento válido, parece-me! Argumentámos nós e mostrámos os prós e os contras e ele sempre no mesmo registo. Quer mudar de área. Tem que andar 2 anos para trás... É que há 5meses atrás ele também queria com muita força "Artes e Espectáculos" e depois passou-lhe... Agora quer Humanidades para ir para Direito ou Jornalismo... E remata assim, eu até fiz um teste de Português, e tive 12, sobre os Maias e só li resumos, não li o livro todo! (Antes de mais folgo em saber que não leu o livro todo, depois pedi-lhe que se ouvisse a ele proprio!) M-E-D-O!

2 comentários:

Ana disse...

Olá! Decidi deixar o meu testemunho porque eu passei por uma mudança de área no secundário.

Frequentei o ensino particular.
No final do 9 ano escolhi a área de ciências, queria ser médica como a minha mãe. Não correu bem. Sempre tive dificuldades a matemática. E logo no primeiro teste veio a negativa. Eu tinha explicações, fazia os tpcs que a professora mandava, e outros exercícios, na sala ficava a frente e participava. A minha professora era muito boa e exigente.
O problema seguinte foi a física e química, mais outra negativa no primeiro teste.
Depois vieram os segundos testes e voltei a ter negativa as duas disciplinas, apesar de ter estudado bastante.
Devido a tão maus resultados acabei por mudar de área no final do 1o período do 10 ano.
Mudei para Humanidades. No 2 período passei a ter História e Geografia, que eram ou são as específicas. Passei logo a tirar boas notas. Lembro-me que no 1o teste de Historia que fiz tive 15. Para mim foi um alívio, vi-a o meu esforço compensado, e gostava bastante das disciplinas.

Acabei o secundário com uma boa média, e nunca mais tive negativas.
Entrei para Direito, e estou prestes a acabar o curso. Só voltei a ver a maldita matemática em Direito Fiscal ahahah :) mas simples.
Se tivesse continuado na área de Ciências, tenho quase a certeza que acabava por conseguir fazer matemática e a física-química, mas teria uma média muito mais fraca, o que não daria para entrar num bom curso, ou numa boa faculdade (continua a ser importante).

Portanto se o seu filho não está feliz na área em que está, só tem que mudar, se atrasar um ou dois anos, não há problema. O que é importante é que ele seja feliz.
Vá com ele ver os planos de estudo a algumas faculdades, ver as cadeiras, até obter informações nas secretarias das faculdades.

Boa sorte, vai tudo correr bem :)

Carla Isabel disse...

Obrigada Ana pelo Testemunho.
Em principio ele também vai mudar.
Beijinho