quinta-feira, setembro 03, 2015

Não gosto de ver telejornais.
Nunca gostei.Em miuda achava uma seca, não entendia porque haviam de passar na hora de jantar, e porque é que os adultos queriam tanto ver noticias...com o passar dos anos foram-me dizendo que um dia eu ía gostar, só que não!
Hoje com 41 anos de idade continuo a não gostar de telejornais. Chamem-me ignorante. (Mas não muito, porque leio jornais todos os dias).
As imagens que passam, as noticias tristes, sejam de economia, politica, lazer...são só noticias tristes.
Será que não há nada de positivo, alguma coisa...nada?!
Ontem uma velhota de 86 anos foi assaltada e vítima de agressões...(podem dar mais ideias e assustar mais os velhotes que vivem sozinhos).

Mas ontem...ontem lá em casa, a tv da cozinha estava nas "noticias", o homem lá de casa gosta, e enquanto fazíamos o jantar eu ia ouvindo (faz-me menos confusão, só ouvir)...mas de repente olhei...tive que sair da cozinha...aquele bebe na praia...o desespero...a angustia. Chorei. Tive medo.E fiquei triste. Aquela imagem deve ter tocado o coração de milhões de pessoas, espero.
O homem a dizer-me que eu também não podia ficar assim. Os miúdos a perguntarem o porquê daquele bebe estar morto - o pai a dizer que era um filme, que não era real...a Madalena percebeu que era a sério...e o jantar foi passado a falar nas pessoas que vivem em países em guerra, tão inseguros e com tanto medo que decidem fugir.
Eles ouviram-nos, e no fim perguntaram - vocês eram capazes de fugir ?
Claro que sim, se fugir fosse mais seguro, apesar de tudo, do que ficar...
Por momentos, na nossa mesa tivemos um momento de silêncio raro.


3 comentários:

Mãe Nocas disse...

É mesmo uma tristeza e doi tanto cá dentro, que nem palavras consigo escrever. Beijinhos gigantes e que Deus nos proteja hoje e sempre!

akapink disse...

como eu te percebo... Tinha a idade do João... um inocente, uma vida que se perdeu.. é devastador.

Algures no Oeste disse...

Pois... nem sei o que diga... fico também em silêncio...
E em relação às notícias, ultimamente até já não me importo que estejam a passar desenhos animados em vez do telejornal, algo impensável há uns tempos atrás...
Beijinhos...