sexta-feira, fevereiro 11, 2011

Ainda da adaptação do colegio

Falei ainda ontem com a directora do colegio que disse que seria melhor ela começar mesmo ontem, nem que fosse uma horinha.
Assim fiz.
Preparei o saquinho dela e lá fomos.
Quando a deixei na salinha, chorei muito. Ela chorou um bocadinho...
O Tomás depois foi vê-la à salinha dela.
A sensação que tive foi como se mais um pedaço de mim ficasse ali. Podem achar exagero, mas é assim que sinto!
Dizem muitas vezes que sou mãe galinha, não sei se no sentido depreciativo, mas cada um sabe de si e mais não digo!
A mim custa-me estas adaptações. Eu sei que é normal e que com o tempo acalmamos, já é o quarto filho que levo para o colegio, mas ainda assim custa e a minha forma de exteriorizar é chorando.
Quem me conhece sabe que sou assim.
Ontem dizia o pai cá de casa " Já estas assim por causa de 2ª feira, não é?"

11 comentários:

Rita disse...

Custa muito, é verdade. É tal e qual como dizes... como se um pedaço de nós lá ficasse lá também.

Mas pensa que essa sensação vai passar brevemente. Só custa no inicio. Além disso, é tão boa aquela sensação de saudades... nossas e deles!!!!

Beijinho grande

Maria João disse...

Mas podes estar descansada que não é exagero nenhum. Só tenho 1 filha, já vem outro a caminho e sei que não importa a quantidade de filhos que tenha, que me vou sentir tal e qual como tu!! Custa sp mais a nós do que a eles. Força, que tb é uma adaptação para ti!
Bjinhos.

CS disse...

Fica um beijinho para ti

MJC disse...

Olá, cá estou eu outra vez!
Olha mandei-te um convite para conheceres o meu cantinho... e aproveitas e vês o que eu acho sobre as "mães galinhas".
Por acaso, acho que o que escrevi hj, dá resposta ao que aqui escreves-te e mais não digo ;-)

Beijinhos e até já

Mãe Gabi disse...

eu acredito que custe sempre...
Bjs e força!

Tita disse...

:S é tão dificil.

Sempre disse, se um dia vier um terceiro filho, fico em casa, o pai concorda comigo. Sairam da escolinha onde estão e coloco-os num publica a entrar ás 10h-12 e 14-16h, nas prés estatais, ficaram comigo o resto do tempo.
Bjs grandes

Mãe Inês disse...

Ai CArla, que coração tão apertadinho. Até me custa ler-te. Ai que dor que isto é... Faltam-me duas semanas e já ando doente.
Então e hoje, como correu?

1gota disse...

Há coisas que não mudam com a quantidade! :\

Percebo-te bem, tb reajo assim às mudanças.

O que vale é que passa.

:*

Barriguita disse...

eu acabei de fazer a adaptação da minha 2.ª filha à escolinha. e, para espanto meu, custou mais do que o 1.º. Muito mais!

saí a chorar muitas vezes, vim para casa de coração pequenino, e acho que se tiver mais filhos, sentirei o mesmo, nem que tenha mais 10.

Carla disse...

Um beijinho, e bom regresso ao trabalho... por mais que saibas que ela está bem, vais chorar, mas é bom... quando voltares para ela, cobres-a de beijos!!! :)

Bergilde Croce disse...

Conhecendo seu blog e desde já começando a seguir também daqui seus registros.Sou mãe e me identifico com o que dizes.
Abraços,
Bergilde